1. "

    Não adianta nem tentar me esquecer
    Durante muito tempo em sua vida
    Eu vou viver

    Detalhes tão pequenos de nós dois
    São coisas muito grandes pra esquecer
    E a toda hora vão estar presentes
    Você vai ver

    Se um outro cabeludo aparecer na sua rua
    E isto lhe trouxer saudades minhas
    A culpa é sua

    O ronco barulhento do seu carro
    A velha calça desbotada ou coisa assim
    Imediatamente você vai lembrar de mim

    Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
    Palavras de amor como eu falei, mas eu duvido!
    Duvido que ele tenha tanto amor
    E até os erros do meu português ruim
    E nessa hora você vai lembrar de mim

    A noite envolvida no silêncio
    Do seu quarto
    Antes de dormir você procura
    O meu retrato
    Mas da moldura não sou eu quem lhe sorri
    Mas você vê o meu sorriso mesmo assim
    E tudo isso vai fazer você lembrar de mim

    Se alguém tocar seu corpo como eu
    Não diga nada
    Não vá dizer meu nome sem querer
    À pessoa errada

    Pensando ter amor nesse momento
    Desesperada você tenta até o fim
    E até nesse momento você vai
    Lembrar de mim

    Eu sei que esses detalhes vão sumir
    Na longa estrada
    Do tempo que transforma todo amor
    Em quase nada

    Mas “quase” também é mais um detalhe
    Um grande amor não vai morrer assim
    Por isso, de vez em quando você vai
    Vai lembrar de mim

    Não adianta nem tentar me esquecer
    Durante muito tempo em sua vida
    Eu vou viver
    Não, não adianta nem tentar
    Me esquecer

    "
    — Detalhes - Roberto Carlos
     
  2.  

  3. "

    Hoje percebi
    Que venho me apegando às coisas
    Materiais que me dão prazer

    O que é isso, meu amor?
    Será que eu vou morrer de dor?
    O que é isso, meu amor?
    Será que eu vou virar bolor?

    Venho me apegando ao passado
    E em ter você ao meu lado
    Não gosto do Alice Cooper
    Onde é que está meu rock’n’roll?

    Onde é que esteá meu rock’n’roll?
    Será que eu vou morrer de dor?

    Eu acho, eu vou voltar pra Cantareira

    Venho me apegando aos meus sonhos
    E à minha velha motocicleta
    Não gosto do pessoal da Nasa
    Cadê meu disco voador?

    O que é isso, meu amor?
    Será que eu vou morrer de dor?
    O que é isso, meu amor?
    Será que eu vou virar bolor?

    "
    — Arnaldo Baptista
     

  4. "

    Eu sou
    Você é também
    E todos juntos somos nós
    Estou aqui reunido
    Numa pessoa só
    E todos juntos somos nós
    Uma pessoa só

    Você também está tocando
    Você também está cantando

    Estamos numa boa pescando pessoas no mar
    Aqui
    Numa pessoa só

    Eu sou o começo, sou o fim
    Sou o “A” e o “Z”
    Todos juntos reunidos
    Numa pessoa só

    "
    — Arnaldo Baptista
     

  5. "

    Foi no dia em que eles se encontraram
    Na praia do pinhal que ela olhou pra ele
    E disse, baby não me leve a mal

    Ele sempre foi um cara
    Desses que estuda demais
    Procurando encontrar a solução pra tudo
    Com muita paz

    E agora o Pinhal
    Não tem mais a gente lá
    Eu volto pra lembrar
    Que a gente cresceu
    Na beira do mar

    Ela se formou há pouco tempo
    E quem tocou na formatura fui eu
    Ele faz meditação
    No parque a procura do seu eu

    Quando tenho tempo
    Dou uma passada lá pra ver como estão
    Se estou na zona norte
    Pego a estrada do forte pro meu irmão

    "
    — Pouca Vogal - Pinhal
     
  6. 7list:

    Pouca Vogal - Pinhal

     
     
  7. (Fonte: raquelrmontez)

     
  8. brazilwonders:

    Pinhal - Rio Grande do Sul (via pinterest)

     

  9. "to te esperando na janela ai ai"
     
  10.